Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

FUNCHAL, ÉS MEU IRMÃO

 

Foi meu berço o Funchal!

Cidade-Mar, formosa, sem igual,

Com tanta rua antiga

Menos mal asseadas.

E os teus miradouros?

À noite fios de luz em estriga.

Em cada lugar lembra uma cantiga;

Flores às bateladas

Por espaldar tens belo anfiteatro

Onde te espreguiças, nobre Funchal,

Com graça natural,

Urbe cosmopolita,

- Porta de par em par p´ra toda a gente!

Quem te visita deseja voltar,

Porque ficou a amar

E no peito bem sente

Os mil atractivos deste rincão,

Forjados por artista genial

- Funchal, és meu irmão.

 

 

MELIM, Fernando deHorizontes ilhéus. Funchal: s.n., 1994. P.49.



publicado por BMFunchal às 03:26
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
29
30


links
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds