Quarta-feira, 07 de Maio de 2008

Joana A. da Piedade Velosa de Castelo Branco

 

Nasceu no Faial, Madeira, a 23 de Junho de 1856.

Era filha de Caetano Ornelas Velosa Castelbranco e de D. Rosa de Freitas.

Antes de ter editado os dois livros, escrevia no Diário de Notícias da Madeira.

Foi funcionária dos Correios e Telégrafos em Lisboa.

 

Segundo Fernando Augusto da Silva é a mais distinta poetisa madeirense.

 

Faleceu em Lisboa a 3 de Novembro de 1920.

 

Escreveu:

As minhas flores. Lisboa: livraria central de Gomes de Carvalho, 1908.

Fluctuações: versos. Lisboa: Arménio Monteiro, 1910.

Tem alguns poemas nas antologias Álbum literário e Álbum madeirense: poesias de diversos auctores madeirenses, este último da autoria de Francisco Vieira (Funchal: Typ. Funchalense, 1884. p.25,83).

 

 

Poderá encontrar no Diário de Notícias de 1876 a 1877 e no periódico A Lucta: orgão do partido republicano na Madeira os seguintes poemas:

Ver listagem de poemas  [PDF] 15 KB

 

Assinava os seus artigos como J. A da Piedade N. de C.B., Joana de Castelbranco ou J. A. de C.B.

 

Lamentavelmente não encontramos qualquer imagem sobre esta poetisa.

 

 

Para ler alguns poemas, clique aqui. [PDF] 16,4 KB

 

Para ler artigo de Benvindo sobre esta autora, clique aqui.  [PDF] 506 KB

 

 

 

MARINO, Luís – Musa insular: poetas da Madeira. Funchal: Eco do Funchal, [1959]. p.207-208.



publicado por BMFunchal às 13:51
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


links
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds