Quinta-feira, 25 de Outubro de 2007

Tal como havíamos informado no comentário ao post sobre Ernesto Leal, o último número da revista Margem é inteiramente dedicado ao escritor.

Este número, editado pela Câmara Municipal do Funchal e coordenado por António Fournier, é uma homenagem póstuma. Como afirma o referido coordenado na nota de abertura: “Leais a Leal”:

 

“ (…) Desta vez, porém, ainda que se trate de novo de um encontro falhado, porque não foi possível fazer-lhe esta homenagem em vida, não foi preciso Ernesto dar um passo. Viemos todos ao seu encontro. E vieram tantos e dos mais variados quadrantes. Fez-se tudo por ele, pare ele. Era um dever dá-lo a conhecer de uma forma mais ampla e articulada, porque como Ernesto escreveu uma vez, “o mundo muda por cada homem que morre” e, desculpe-se a aparente banalidade, o mundo mudou de facto com o seu desaparecimento. O pouco que restava do século XX morreu definitivamente com ele.”



publicado por BMFunchal às 23:47
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
26
27

28
29


links
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds